Geração Mindfulness – Pedro Albuquerque

pedro2

DataBase Administrator, London

32 anos

Todos os meus alunos são especiais.

Mas ao começar a escrever este artigo, pensei em como iria eu falar sobre o Pedro resumidamente, se ele se desdobra em tantas paixões e missões na vida?

O Pedro formou-se em Engenharia Electrónica e de Telecomunicações na Universidade de Aveiro, mas o que lhe enche realmente a alma é a fotografia.

Em 2015 publicou um livro que assenta num projecto fotográfico magnífico, de estudo sobre as inúmeras nacionalidades, etnias e costumes do Campus Universitário de Cambridge, onde trabalhou durante 4 anos como administrador de bases de dados.

pedro3

Além disso, ainda hoje, já a viver em Londres, o Pedro joga na Primeira  Liga de Andebol do Reino Unido, trazendo Cambridge ao peito, como se carregasse uma nova família na alma.

A primeira vez que vi o Pedro foi no Porto, onde eu morei e trabalhei há alguns anos atrás, num convívio de amigos comuns.

Nunca mantivemos uma amizade próxima, até ao dia em que recebi uma mensagem dele a dizer que estava a morar em Cambridge e que precisava voltar a praticar. E que era comigo que se via a fazê-lo.

Foi nessa altura que surgiram as minhas aulas regulares à distância.

Na realidade elas existiam mas de forma excepcional e esporádica, não como regra. O que acontecia era que se algum aluno meu se ausentava de férias ou a trabalho, podíamos manter uma ou duas semanas a aula à distância. Mas o Pedro veio revolucionar a forma como eu, e muitos, começámos a encarar certas dificuldades e desafios que se nos colocam na continuidade do treino e, até mesmo, do acompanhamento filosófico.

pedro1

Sem nunca termos tido uma aula presencial antes, começámos há praticamente dois anos e, desde então, fizemos apenas uma três ou quatro ao vivo e a cores. Tudo corre na perfeição e nem as mudanças de casa, de emprego, os horários por vezes exigentes, as noites que passa em alerta constante devido ao trabalho ou as deslocações impostas pelos torneios de andebol nos impedem de treinar.

«O treino com a Carla permitiu uma evolução tremenda na conquista de desafios físicos propostos na primeira aula, bem como uma maior auto-consciência. Tudo isto levou a uma maior qualidade no dia-a-dia e a um incremento no rendimento da concentração no trabalho. Há uma consciência e uma presença mental em todos os detalhes na prática.»

Uma vez o Pedro foi de férias para o Hawaii, e não conseguimos ligar o skype: mas mandou-me uma fotografia a fazer uma invertida numa prancha de surf 🙂

Noutra, em Austin, no Texas, lá era bem cedo, aqui o dia estava a acabar. E treinámos.

pedro4

O que ele mais me ensina é que quando se quer realmente muito alguma coisa, não existem distâncias nem dificuldades.

Hoje, de amizade cimentada e confiança redobrada, sabemos que mesmo que um esteja na China e o outro nas Ilhas Caimão, o que importa é que estamos à distância de uma chamada. E não podemos dizer isso sobre muita gente na nossa vida, não é?

Sigam a sua lindíssima Página de Fotografia e, através das suas viagens, inspirem-se a ser mais 🙂

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s